Carregando...
27º em São Paulo
10 Brincadeiras de Berçário com Recicláveis

10 Brincadeiras de Berçário com Recicláveis

As crianças são incansáveis, por isso, precisam ter atividades para gastar energia e desenvolver habilidades ao mesmo tempo. A curiosidade desperta nos pequenos um interesse genuíno pelas brincadeiras.

O período de isolamento social em função da quarentena pelo novo coronavírus, têm exigido dos pais e responsáveis, o uso da criatividade para manter seus pequenos ocupados.

Do berçário aos 3 anos de idade é fundamental promover um entretenimento educativo para estimular a capacidade de raciocínio e habilidades motoras. Neste post trouxemos 10 brincadeiras com recicláveis para você utilizar e variar ao brincar com o seu pequeno!

Por que promover brincadeiras e atividades para a criança

Os bebês precisam de incentivo para começar a descobrir e desenvolver suas aptidões. Apesar do instinto, quanto mais lúdico o aprendizado, mais interesse e disposição eles terão em todas as fases.

É preciso identificar as atividades que sejam compatíveis para bebês até 1 ano e para crianças até 3 anos. O desenvolvimento é diferente e deve ser preservado o tempo certo de introduzir determinados brinquedos.

As crianças enxergam o mundo como novidade, com uma aceitação encantadora, comum em quem ainda tem a ingenuidade como fiel escudeira. Use esse período para compartilhar bons momentos.

Do berçário à primeira infância há uma grande responsabilidade dos pais e responsáveis, em interagir com as crianças e estimular o aprendizado. São muitas atividades para se fazer com reciclagem, por isso, aproveite bem o tempo com brincadeiras saudáveis.

10 brincadeiras para fazer em casa com seus filhos usando material reciclável e sucatas

Com uma boa dose de disposição é possível utilizar material reciclável para fazer brincadeiras com os pequenos, mas atenção, pois é preciso ter cuidado com produtos tóxicos, com ferramentas cortantes e objetos pequenos para evitar acidentes.

Evite deixar que as crianças tenham contato com esses objetos, explicando em detalhes sobre os perigos do contato e que sempre devem deixar sob a responsabilidade de um adulto.

Veja 10 brincadeiras que podem ser construídas com a reciclagem — materiais e passo a passo para montar cada uma delas — quais são os resultados e como brincar com as crianças de acordo com a idade!

1. Caixa de música com CDs velhos e embalagem grande de lenço umedecido

Em uma caixa grande que pode ser, por exemplo, de lenços umedecidos é possível depositar diversos CDs velhos, com imagens — bichinhos, objetos, frutas, legumes — coladas, para que depois as crianças retirem na brincadeira.

A caixa deve ser encapada com um papel colorido e um buraco para colocar e retirar os CDs. A cada CD a criança deve ser estimulada a retirar, identificar o desenho. Se tiver musiquinhas, a brincadeira será ainda mais divertida.

Materiais e passo a passo da montagem:

– 1 caixa grande
– Papel para presente, crepom ou camurça
– Tesoura
– Cola
– Fita adesiva
– CDs velhos, arranhados
– Desenhos variados e impressos (para colar nos CDs)
– Caixinha de música

Para a montagem, embrulhe toda a caixa como papel, utilizando cola ou fita adesiva, fazendo um buraco no meio para depositar os CDs (aberto o suficiente para que as crianças possam retirar na hora da brincadeira).

Em cada CD, cole uma figura, procurando variar para aumentar o nível de aprendizado. Coloque todos os CDs dentro da caixa, reúna as crianças e comece com uma música infantil divertida, propondo que a criança retire o CD e identifique a imagem colada.

2. Cortina interativa e sonora

Para montar essa brincadeira, você vai precisar de garrafas PET, tampinhas e elásticos. Para criar maiores interações e diversidade de sons, nas garrafas é possível usar grãos ou miçangas. As tampinhas podem ser furadas e presas ao elástico.

Para juntar as tampinhas e garrafas, entre em contato com amigos, conhecidos, donos de lanchonetes e peça doações. São muitos descartes diários e você, além de criar uma brincadeira com reciclagem, ajudará o meio ambiente.

Materiais e passo a passo da montagem:

Variadas tampinhas e garrafas pet (a quantidade depende do comprimento em largura que você quiser a cortina)
Elástico (de acordo com o comprimento da cortina)
Tesoura
Grãos ou miçangas (o suficiente para promover sons nas garrafas)
Prego e martelo ou furadeira (para furar as tampinhas)
Pedaço de madeira para fixar cada elástico
Prego ou bucha e parafuso (para fixa a cortina no teto ou parede)

Depois de pronto, basta fixar na parede ou no teto e convidar os pequenos a puxar o elástico para conferir os sons reproduzidos. Eles costumam se entreter maravilhados com o som, prestando atenção também nos efeitos dos reciclados.

3. Móbile para berço e cantinho do descanso

Indicada para crianças até 1 ano essa é uma brincadeira criada a partir de bambolês e guarda-chuvas sem o cabo. Presos ao teto, com uma argola e movimentados com uma fita para cima e para baixo, os bebês passam longo tempo atentos a esses movimentos.

Materiais e passo a passo da montagem:

– Argolas de plástico ou acrílico
– Bambolês ou pedaços de mangueira resistente (para formar um bambolê)
– Guarda-chuvas sem cabo ( faça uma campanha entre amigos, pois há sempre
alguém descartando)
– Fitas de variadas cores e comprimentos
– Tesoura
– Corda, arame ou barbante para amarração no teto
– Prego e martelo

Corte as fitas em tamanho que seja possível manusear para dar movimento, amarre os bambolês ou guarda-chuvas nas argolas e prenda ao teto (tenha cuidado com o peso que cada prego suporta).

Para causar um efeito ainda mais lúdico é possível fixar nas estruturas, bonecos, bolinhas, ursinhos de pelúcia, guizos e tampinhas para ficar colorido e gerar ainda mais o desejo de interação dos pequenos.

Esse passo a passo é ideal para um cantinho da criança, com brinquedos e música. Se quiser montar um móbile para berço, considere usar tampinhas, bichinhos pequenos de pelúcia ou bonecos — reduza toda a montagem para uma estrutura menor, considerando que ficará há pouca distância do bebê.

4. Parede interativa

Imagine uma parede repleta de objetos diferentes — crianças a partir de 1 ano são ainda mais curiosas e vão se deliciar com os objetos pregados que podem ter sons e movimentos.

Materiais e passo a passo da montagem:

– Papel de presente, crepom ou camurça para cobrir a parede
– Fita adesiva ou cola
– Objetos diversos (panela, latas, bolinhas plásticas, tampinhas pet, argolas,
botões, pregadores de roupas, espelho, zíper, tampas, pratos plásticos)
– Tesoura

São muitos os objetos que você pode utilizar para fixar na parede e aguçar a curiosidade dos pequenos. Use a criatividade, aproveite o que será descartado e estimule o aprendizado sobre a utilidade de cada item colado na parede.

Os tubos de PVC também são um sucesso quando pendurados na parede reproduzem sons ao se chocar uns nos outros com o toque do pequeno. Mescle os tamanhos e comprimentos, para emitir sons diferentes a cada toque.

5. Jogo de boliche com garrafa pet

O boliche é um jogo fácil e muito divertido. São 8 garrafas recicláveis a uma distância média e os pequenos jogadores terão que arremessar a bola para derrubar todas ou o maior número possível.

Não é preciso estabelecer as regras específicas do jogo original. Apesar de estimular a competitividade, onde vence a criança que tiver o maior número de garrafas derrubadas nos lances, a ideia é desenvolver a coordenação motora, o senso de direção e de interatividade.

Materiais e passo a passo da montagem:

– 8 garrafas PET de 600ml
– Areia
– Jornais
– Fita adesiva e papel crepom de cores sortidas

Encha as garrafas de areia e tirinhas do crepons — as cores vão dar um ar lúdico ao boliche. Para a bola, use o jornal, amarre bem e passe bastante fita adesiva que é para evitar que se desfaça nos arremessos.

Escolha um espaço aberto, com boa distância entre as garrafas e cada jogador.

Coloque as garrafas enfileiradas e comece a brincadeira pelo “par ou ímpar”.

Deixe que as próprias crianças coloquem as garrafas de pé, à medida em que forem derrubadas.

6. Acertando o cesto de recicláveis

Além de brincar, as crianças vão aprender sobre a sustentabilidade e a coleta seletiva. Selecione o máximo de objetos que representem cada um dos cestos e proponha um tempo para que sejam depositados nos cestos corretos.

Materiais e passo a passo da montagem:

– 5 cestos coloridos
– Etiquetas para identificação em cada cesto — vidro, metal, plástico, papel e madeira
– Cola ou fita adesiva
– Tesoura
Objetos que sirvam de exemplo de descartáveis (tenha o cuidado de selecionar objetos que sejam de fato recicláveis)

É preciso que no mínimo duas crianças participem da brincadeira — supervisione, principalmente, o uso de vidros. A cada objeto, explique sua atribuição ao cesto e qual o impacto e importância para o meio ambiente, de selecionar corretamente.

7. Fantoches de meias velhas

Os fantoches fazem parte de toda infância e criam um cenário de fantasia pelas histórias contadas pelos personagens. Com eles é possível abordar diversos assuntos que as crianças entenderão com maior facilidade dentro de um universo lúdico.

Materiais e passo a passo da montagem:

– Meias velhas ou sem par
– Novelos de lã coloridos
– Botões de roupas coloridos
– Tesoura
– Cola
– Potinho de iogurte limpos
– Canetinhas

Com esses objetos em mãos, solte a imaginação, utilizando a meia para colocar a mão e formar o corpinho, a lã para confeccionar os cabelos dos fantoches, os botões para os olhos e os potinhos de iogurte para servir de chapéu.

Com as canetinhas, desenhe os detalhes, com cílios, nariz e boca. É possível montar um filme, uma peça de teatros ou apenas contar histórias. Deixe fluir a imaginação e convide as crianças para ajudar no processo de criação, dando nome aos personagens, por exemplo.

8. Bonecos e bonecas de papelão

O papelão é um dos materiais mais tradicionais, usados em reciclagens. É possível criar bonecos com recortes lisos ou criar algo tridimensional, fazendo dobraduras. O processo de criação e montagem envolvendo as crianças é uma verdadeira diversão.

Materiais e passo a passo da montagem:

– Papelão
– Tesoura
– Cola
– Canetinha
– Tinta
– Pincel

Não existe um modelo específico para os bonecos. A diversão está em usar a criatividade e construir bonecos de estrutura lisa ou com dobraduras. Use canetinhas ou tinta para desenhar os olhos, a boca e os detalhes para dar forma aos bonecos.

Para fazer o recorte e a montagem, você precisará de uma tesoura e cola, por isso, é uma brincadeira que precisa da atuação de um adulto, evitando que a criança tenha contato com qualquer objeto de corte que seja perfurante.

9. Jogo da memória com tampas de lenço umedecido

As tampinhas plásticas de lenços umedecidos têm uma utilidade bastante criativa nessa brincadeira. Com um papelão, desenho diversos e uma quantidade razoável de tampinhas, é possível criar um jogo da memória.

Materiais e passo a passo da montagem:

– Papelão (para abrir e formar uma espécie de quadro)
– Tesoura
– Tampas de lenços umedecidos (pelo menos 20)
– Cola
– Figuras diversas (animais, frutas e objetos)

Como fazer? Cole as tampas no papelão e dentro delas coloque as imagens.

Mostre todos os desenhos ao pequeno, tampe e pergunte onde estão os objetos a brincadeira vai estimular a memória, a visão e a coordenação motora.

10. Tabuleiro de jogo da velha

Super fácil de montar, o jogo da velha reciclável é uma brincadeira divertida e que ensina ao mesmo tempo. Durante o jogo as crianças desenvolvem o senso estratégico, a capacidade de análise e a agilidade do raciocínio.

Materiais e passo a passo da montagem:

– Papelão
– Tinta-lousa
– Durex colorido
– Pincel
– Lápis
– Giz colorido

Corte o papelão do tamanho que você deseja que seja o tabuleiro e passe a tinta lousa.

Com a régua, faça a medição para que sejam 9 quadrados do mesmo tamanho, risque e cubra com o durex colorido. Depois é só desafiar seu pequeno a uma partida, vencendo quem fechar uma carreira com três X ou 0.

As brincadeiras são essenciais para o desenvolvimento infantil e estreitamento dos laços familiares. O tempo em casa que antes poderia gerar tédio, vai, na
verdade, abrir espaço para uma sintonia muito divertida.

Gostou do post e das dicas de brincadeiras com recicláveis? Compartilhe então nas suas redes sociais para que mais pessoas possam se beneficiar ao colocar em prática essas ideias!

 

Veja mais:

Voltar