Carregando...
27º em São Paulo
Desafios da maternidade: como conciliar filhos e outras atividades

Desafios da maternidade: como conciliar filhos e outras atividades

Cuidar dos filhos, da família, das atividades domésticas e do trabalho são grandes desafios da maternidade. Afinal, a chegada de um bebê modifica toda a rotina, especialmente para as mães que trabalham fora.

A dúvida de estar ou não fazendo a coisa certa também é frequente. Além disso, muitas mães podem se sentir culpadas por não estarem disponíveis para a criança a todo momento ou por não conseguirem conciliar a maternidade com suas atividades pessoais e profissionais.

Se você se identificou com essa realidade, continue a leitura! Neste post, você vai conferir dicas que podem ajudar você a se organizar melhor e a conciliar trabalho e filhos.

Tente não se cobrar tanto

Sabemos que a maternidade traz uma imensa variedade de sentimentos e sensações. Afinal, tudo é novo e seu filho precisa de você. Apesar disso, sua vida pessoal e profissional precisa continuar, até mesmo pelo bem da sua própria família.

Para se sentir melhor e conseguir focar na sua rotina, tente ser mais gentil com você e deixe de lado a perfeição.

Tenha paciência, evite julgamentos e procure reconhecer que tudo pode ser uma grande oportunidade de aprendizado. Não tenha medo de errar, de dar tempo ao tempo e de pedir ajuda, quando necessário.

Saiba priorizar as suas tarefas

Pensar que você pode abraçar tudo e todos é um problema, não só na maternidade, mas em qualquer período da vida, certo?

Quando tentamos fazer tudo ao mesmo tempo, corremos o risco de deixar tarefas pelo caminho, ter retrabalhos e não prestar real atenção em nada daquilo que você se propôs a fazer. Tudo isso pode se transformar em uma verdadeira bola de neve, causando estresse e esgotamento físico e mental.

Para começar a priorizar suas atividades, pense no seguinte: o que precisa ser feito com urgência? O que é importante, mas não é tão urgente assim? O que você pode deixar para o dia seguinte ou delegar para alguém? Decida o que é primordial e o que outras pessoas podem fazer por você.

Ao fazer essa análise, você conseguirá aproveitar melhor o seu tempo e organizar melhor sua rotina pessoal e profissional.

Tenha responsabilidade compartilhada

Ainda que tarefas domésticas sejam divididas, não é incomum que muitas mulheres tenham o costume de assumir a maioria dos afazeres. Algumas fazem isso por insegurança ou até mesmo pela sensação de culpa.

Como você sabe, querer dar conta de tudo ao mesmo não é saudável, por isso, a responsabilidade compartilhada deve ser colocada em prática.

Em uma família, não é legal que existam tarefas rígidas sobre algo que só deve ser feito pelo pai ou pela mãe. O pai pode cuidar do preparo dos alimentos, enquanto a mãe faz compras, por exemplo.

É importante que o casal viva em equilíbrio e com flexibilidade nas atividades diárias. Deixe de lado “competições”, discussões desnecessárias e não culpe o outro.

Defina limites

Você sabe dizer “não”? Essa é uma dificuldade para muitas pessoas, que encaram essa negativa como um grande problema.

É importante saber que você não precisa estar disponível para ajudar a todos no trabalho ou para se responsabilizar por algum projeto, por exemplo.

Assim como priorizar e definir prioridades, impor limites em casa e no trabalho será de grande ajuda para manter o foco naquilo que realmente precisa ser feito.

Lembre-se de que negar algum pedido não significa que você não se importa ou que está sendo egoísta.

Se o pedido for relacionado a algo do trabalho, avalie bem a situação e veja se consegue, por exemplo, mais prazo para executar alguma tarefa.

Separe um momento para você

Em meio a tantas tarefas e obrigatoriedades, pode ser difícil separar um momento só seu. Por mais improvável que isso pareça, liste esse tempo como uma de suas prioridades. Afinal, se você não cuidar de si, como conseguirá zelar por outras pessoas?

Procure fazer refeições mais saudáveis, praticar alguma atividade física e tenha um hobby para relaxar e se distrair. Ler um livro ou escutar uma música, fazer artesanato ou tocar algum instrumento, por exemplo, são coisas simples, mas que podem fazer toda a diferença no seu dia a dia e no árduo desafio que é conciliar filhos e outras atividades.

Tenha um tempo com amigos e família

Assim como separar um momento para você, é importante que você não esqueça da sua família e dos seus amigos mais próximos. São essas pessoas que sempre vão ajudar quando você precisar, por isso, não perca contato e mantenha-as por perto.

Fazer um almoço para os pais, um lanche com os amigos ou um passeio a dois podem ser atividades que exijam muito de você, especialmente quando os filhos  ainda são pequenos. Porém, esse convívio é fundamental para a sua saúde e até mesmo para você aprender com essas pessoas sobre a rotina de ser mãe.

Especialmente no começo, dicas e conselhos sobre maternidade podem ser muito úteis, não acha?

Busque um equilíbrio entre ser profissional e ser mãe

Como vimos, conciliar a maternidade com suas atividades pessoais e profissionais pode ser um desafio e tanto. Por outro lado, é importante que você saiba que é possível obter o sucesso na carreira e na maternidade.

Não existe uma resposta simples ou dicas milagrosas para que você consiga, de fato, conciliar trabalho e filhos. Tudo vai depender de como você vai se sentir, de qual forma você vai conseguir organizar sua rotina e do apoio que você vai ter, seja da família, seja dos seus amigos.

Ao longo deste texto, você viu que ações simples podem ser valiosas, e que não se cobrar tanto pode ser o primeiro passo para que tudo fique bem.

É importante que seus filhos saibam que você está presente, mas também é essencial que você saiba cuidar de você e também da sua vida particular. Esses são só alguns dos desafios da maternidade. Nem sempre será fácil, mas tenha certeza de que ser mãe é algo extremamente gratificante.

Agora que você já sabe como conciliar filhos e outras atividades, o que acha de deixar um comentário no post contando sua experiência e opinião sobre o assunto? Temos certeza de que será uma ótima conversa!

Veja mais:

Voltar